Quem é Mongó?

Olá! Somos Pato, argentina músico-educadora e sonhadora, Vini, brasileiro engenheiro do mato que adora ensinar, e Jaime, designer-artesão español e Mcgyver nas horas vagas. Nos conhecemos desde que começamos a viajar pelo mundo.

Hoje vamos te contar sobre nossa nova profissão: construtores de Parques Musicais. Nós vamos até escolas e orfanatos, e junto com as crianças e professores, construímos um espaço interdisciplinar, criativo e divertido onde todos podem sair da sala de aula e integrar com a natureza.

"Como é que é?"

Calma… Te explicamos primeiro o nosso porquê:

Viajando vimos que nosso planeta precisa de ajuda URGENTE!
  • Vimos que necessitamos aprender a nos comunicar e a usar nossos recursos naturais.
  • Vimos que nossas crianças precisam de uma nova forma de aprender.

Por isso, ao lembrar da forma como nós fomos educados, criamos uma nova proposta:

  • Uma educação baseada na exploração prática.
  • Em espaços amplos que não limitem o aprendizado. Espaços flexíveis, sem cadeiras e mesas. Ao ar livre e em meio a natureza.
  • Focada em criar experiências que nos liberem, nos conectem com as nossas emoções, enfatizando a comunicação saudável consigo, com seus pares e com a sua comunidade.
"Ainda não entendi… ..."

Qual é a nossa proposta?

De forma super simples, nossa missão é facilitar a criação de espaços de ensino sustentáveis, criativos, divertidos, ao ar livre e em meio a natureza.

Isso tudo formará o que chamamos de Parque Musical!

"E o que é um Parque Musical?"

É uma sala de múltiplas disciplinas, um auditório musical, uma horta, um laboratorio ao ar livre e um ponto de encontro para a comunidade.

Genial né?!

E agora vamos construir o primeiro Parque Musical!

Advinha onde? Na África!!!

Pois é! Nos convidaram para construir em um orfanato da ONG Caring Africa em Moshi, uma cidadezinha nos pés do Monte Kilimanjaro, na Tanzânia, onde no total vamos ficar 3 meses!

É um projeto incrível que acolhe crianças órfãs e dão uma nova oportunidade através da música e da arte.

Ok! Agora entendi!

Mas como tudo isso será feito?

Dividimos o nosso projeto em algunas etapas:

PARTE 1 – Busca, Desenho e Mão na massa!

(Duração: 1 mês)

Busca: Nessa etapa vamos observar a natureza e as necessidades daquelas crianças e comunidade.

Desenho: Aqui as crianças são os artistas e designers. Assim vão desenhar e planejar o Parque com conceitos naturais.

Mão na massa: Adoramos sujar nossas mãos com terra. Assim, iniciaremos o plantio de vegetais, flores e plantas medicinais, valorizando os recursos e a cultura local.

PARTE 2 - Coleta, Construção.

(Duração: 1 mês)

Coleta: Com o desenho do parque em mãos, partimos para a coleta de lixo e materiais recicláveis para criar os instrumentos musicais.

Construção: Pura diversão e aprendizado musical enquanto usamos a criatividade para explorar o mundo dos sons!

PARTE 3 - Brincar.

(Duração: 1 mês).

Brincar: Sim! Isso é o mais importante e por isso reservamos 1 mês inteiro para usar todo o Parque como a nova sala de aula, para aprender divertindo-se tanto as matérias tradicionais como a comunicação, liberdade, pensamento crítico, autoconhecimento e comunidade.

E o que vamos deixar na Tanzânia?

  • Toda a experiência e novas ideias de construir com materiais reciclados e com conceitos de bioconstrução.
  • A vivência artística e musical com muitas brincadeiras, danças e músicas.
  • Todas as ferramentas que usamos para construir o parque ficarão no orfanato.
  • Ferramentas didáticas sobre o uso do Parque Musical como espaço de aprendizagem.

ESTAMOS TORNANDO

ESTE SONHO REALIDADE